ALARM(2) Manual do Programador do Linux ALARM(2)

alarm - define um alarme de relógio para envio de um sinal

#include <unistd.h>
unsigned int alarm(unsigned int segundos);

alarm() configura o envio de um sinal SIGALRM para o processo chamador em segundos.

Se segundos é igual a zero, qualquer alarme pendente é cancelado.

Em qualquer evento qualquer definição prévia de alarm() é cancelada.

alarm() retorna o número de segundos restantes até que outro alarme agendado previamente seja convenientemente enviado ou zero se não houver nenhum alarme agendado previamente.

POSIX.1-2001, POSIX.1-2008, SVr4, 4.3BSD.

alarm() e setitimer(2) compartilham o mesmo temporizador; chamadas para um deles irá interferir no uso do outro.

Alarmes criados por alarm() são preservados pelo execve(2) e não são herdados por filhos criados via fork(2).

sleep(3) pode ser implementado usando SIGALRM; misturar as chamadas para alarm() e sleep(3) é uma má ideia.

Atrasos do agendamento podem, às vezes, fazer com que a execução do processo seja retardada por uma quantidade de tempo arbitrária.

gettimeofday(2), pause(2), select(2), setitimer(2), sigaction(2), signal(2), timer_create(2), timerfd_create(2), sleep(3), time(7)

Esta página faz parte da versão 5.13 do projeto Linux man-pages. Uma descrição do projeto, informações sobre relatórios de bugs e a versão mais recente desta página podem ser encontradas em https://www.kernel.org/doc/man-pages/.

A tradução para português brasileiro desta página man foi criada por Marcelo D. Beckmann <marcelobeckmann@yahoo.com>, Fábio Henrique F. Silva <fabiohfs@mail.com> e Rafael Fontenelle <rafaelff@gnome.org>.

Esta tradução é uma documentação livre; leia a Licença Pública Geral GNU Versão 3 ou posterior para as condições de direitos autorais. Nenhuma responsabilidade é aceita.

Se você encontrar algum erro na tradução desta página de manual, envie um e-mail para a lista de discussão de tradutores.

3 maio 2017 Linux