HIER(7) Manual do Programador do Linux HIER(7)

hier - descrição da hierarquia de sistema de arquivos

Um sistema Linux típico tem os seguintes diretórios, entre outros:
/
Este é o diretório raiz. É nele que começa a árvore inteira.
/bin
Este diretório contém programas executáveis que são necessários no modo "single user" (mono-usuário) e recuperam ou reparam o sistema.
/boot
Contém arquivos estáticos para o carregador de inicialização, conhecido como "boot loader". Este diretório somente mantém os arquivos que são necessários durante o processo de inicialização. Os arquivos do instalador de mapas e de configuração deve ir para /sbin e /etc. O kernel do sistema operacional (initrd, por exemplo) devem ser colocados em / ou /boot.
/dev
Arquivos especiais ou de dispositivo, que se referem a dispositivos físicos. Veja mknod(1).
/etc
Contém arquivos de configuração que são locais para a máquina. Alguns pacotes de software maiores, como o X11, podem ter seus próprios subdiretórios abaixo de /etc. Arquivos de configuração geral podem ser colocados aqui ou em /usr/etc. Contudo, programas devem sempre procurar esses arquivos em /etc e você pode ter links para esses arquivos em /usr/etc.
/etc/opt
Arquivos de configuração específicos de host para aplicativos complementares instalados em /opt.
/etc/sgml
Este diretório contém os arquivos de configuração para SGML (opcional).
/etc/skel
Quando é criada uma nova conta de usuário, os arquivos deste diretório geralmente são copiados para o diretório pessoal do usuário.
/etc/X11
Arquivos de configuração do sistema gráfico X11 (opcional).
/etc/xml
Este diretório contém os arquivos de configuração para XML (opcional).
/home
Em máquinas com diretórios pessoais para os usuários, estes geralmente estão abaixo deste diretório, diretamente ou não. A estrutura deste diretório depende de decisões da administração local (opcional).
/lib
Este diretório deveria manter aquelas bibliotecas compartilhadas que são necessárias para realizar a inicialização do sistema e rodar os comandos no sistema de arquivos raiz.
/lib<qual>
Esses diretórios são variantes de /lib no sistema que suportam mais de um formato binário que requer bibliotecas separadas (opcional).
/lib/modules
Módulos de kernel carregáveis (opcional).
/lost+found
Este diretório contém itens perdidos no sistema de arquivos. Esses itens geralmente são pedaços de arquivos mutilados como consequência de um disco com defeito ou de uma queda do sistema.
/media
Este diretório contém pontos de montagem para mídia removível, como discos de CD e DVD ou pendrives. Em sistemas onde existe mais de um dispositivo para montar um certo tipo de mídia, os diretórios de montagem podem ser criados acrescentando um dígito ao nome daqueles disponíveis acima, começando com "0", mas o nome não qualificado também deve existir.
/media/floppy[1-9]
Unidade de disquete (opcional).
/media/cdrom[1-9]
Unidade de CD-ROM (opcional).
/media/cdrecorder[1-9]
Escritor de CD (opcional).
/media/zip[1-9]
Unidade zip (opcional).
/media/usb[1-9]
Unidade USB (opcional).
/mnt
Este diretório é um ponto de montagem para um sistema de arquivos montado temporariamente. Em algumas distribuições, /mnt contém subdiretórios destinados a serem usados como pontos de montagem para vários sistemas de arquivos temporários.
/opt
Este diretório deve conter pacotes de complementos que contêm arquivos estáticos.
/proc
Este é um ponto de montagem para o sistema de arquivos proc, que fornece informação sobre processos rodando e o kernel. Este pseudossistema de arquivos é descrito em mais detalhes em proc(5).
/root
Este diretório é geralmente o diretório inicial do usuário root (opcional).
/run
Este diretório contém informações que descrevem o sistema desde sua inicialização. Uma vez que este propósito foi atendido por /var/run e os programas podem continuar a usá-lo.
/sbin
Da mesma forma que /bin, este diretório mantém comandos necessários para realizar a inicialização do sistema, mas que geralmente não são executados por usuários normais.
/srv
Este diretório contém dados específicos do site que são servidos por este sistema.
/sys
Este é um ponto de montagem para o sistema de arquivos sysfs, que fornece informação sobre o kernel, como /proc, mas melhor estruturado, seguindo o formalismo da infraestrutura de kobject.
/tmp
Este diretório contém arquivos temporários que podem ser apagados sem nenhuma notificação, tais como por serviços regulares ou na inicialização do sistema.
/usr
Este diretório geralmente é montado a partir de uma partição separada. Ele deve manter somente dados compartilháveis e apenas de leitura, de forma que possa ser montado por várias máquinas com Linux.
/usr/X11R6
O sistema X-Window, versão 11, distribuição 6 (presente no FHS 2.3, removido no FHS 3.0).
/usr/X11R6/bin
Binários que pertencem ao sistema X-Window; frequentemente, há um link simbólico de um /usr/bin/X11, mais tradicional, para este ponto.
/usr/X11R6/lib
Arquivos de dados associados com o sistema X-Window.
/usr/X11R6/lib/X11
Estes contém arquivos variados necessários para executar o X; frequentemente, há um link simbólico de /usr/lib/X11 para este diretório.
/usr/X11R6/include/X11
Contém arquivos "include" necessários para compilar programas usando o sistema X11. Frequentemente, há um link simbólico de /usr/include/X11 para este diretório.
/usr/bin
Este é o diretório primário para programas executáveis. Muitos programas executados por usuários normais que não são necessários para a inicialização, ou para a reparação do sistema, e que não são instalados localmente, devem ser colocados neste diretório.
/usr/bin/mh
Comandos para o sistema de tratamento de correio MH (opcional).
/usr/bin/X11
É o lugar tradicional para procurar executáveis X11 no Linux, ele geralmente é um link simbólico para /usr/X11R6/bin.
/usr/dict
Substituído por /usr/share/dict.
/usr/doc
Substituído por /usr/share/doc.
/usr/etc
Arquivos de configuração gerais a serem compartilhados entre várias máquinas podem ser armazenados neste diretório. Porém, os comandos deveriam sempre referenciar aqueles arquivos usando o diretório /etc. Links de arquivos em /etc deveriam apontar para os arquivos apropriados em /usr/etc.
/usr/games
Binários para jogos e programas educacionais (opcional).
/usr/include
Arquivos "include" para o compilador C.
/usr/include/bsd
Arquivos "include" para compatibilidade com BSD (opcional).
/usr/include/X11
Arquivos "include" para o compilador C e o sistema X-Window. Geralmente este é um link simbólico para /usr/X11R6/include/X11.
/usr/include/asm
Arquivos "include" que declaram algumas funções de assemblers. Este costumava ser um link simbólico para /usr/src/linux/include/asm.
/usr/include/linux
Este contém informação que pode mudar de uma distribuição de sistema para outro, e costuma ser um link simbólico para /usr/src/linux/include/linux para obter informação específica do sistema operacional.
(Note que pode-se ter arquivos "include" que funcionem corretamente com a libc atual e no espaço de usuário. Porém, os fontes do kernel do Linux não são projetados para serem usados com programas de usuário e não sabe nada sobre a libc que você está usando. É muito provável que as coisas darão problemas se você deixar /usr/include/asm e /usr/include/linux apontarem para uma árvore de kernel aleatória. Sistemas Debian não fazem isso e usam cabeçalhos de uma versão conhecida de um bom kernel, fornecida no pacote libc*-dev.)
/usr/include/g++
Arquivos "include" para usar com o compilador GNU C++.
/usr/lib
Bibliotecas de objeto, incluindo bibliotecas dinâmicas, mais alguns executáveis que geralmente não são invocados diretamente. Programas mais complicados podem ter subdiretórios inteiros ali.
/usr/libexec
O diretório contém binários apenas para uso interno e não devem ser executados diretamente pelo shell ou scripts do usuário.
/usr/lib<qual>
Esses diretórios são variantes de /usr/lib no sistema que tem suporte a mais de um formato binário que requer bibliotecas separadas, exceto que o link simbólico /usr/lib<qual>/X11 não é necessário (opcional).
/usr/lib/X11
O lugar usual para arquivos de dados associados com programas X, e arquivos de configuração para o próprio sistema X. Em Linux, geralmente é um link simbólico para /usr/X11R6/lib/X11.
/usr/lib/gcc-lib
contém executáveis e arquivos "include" para o compilador GNU C, gcc(1).
/usr/lib/groff
Arquivos para o sistema de formatação de documentos GNU groff.
/usr/lib/uucp
Arquivos para uucp(1).
/usr/local
Aqui é onde vão tipicamente os programas que são locais para o "site".
/usr/local/bin
Binários para programas locais para o "site".
/usr/local/doc
Documentação local.
/usr/local/etc
Arquivos de configuração associados com programas instalados localmente.
/usr/local/games
Binários para jogos instalados localmente.
/usr/local/lib
Arquivos associados com programas instalados localmente.
/usr/local/lib<qual>
Esses diretórios são variantes de /usr/local/lib no sistema que tem suporte a mais de um formato binário que requer bibliotecas separadas (opcional).
/usr/local/include
Arquivos de cabeçalhos para o compilador C.
/usr/local/info
Páginas de informação associadas com programas instalados localmente.
/usr/local/man
Páginas man associadas com programas instalados localmente.
/usr/local/sbin
Programas instalados localmente para administração do sistema.
/usr/local/share
Dados de aplicativos locais que podem ser compartilhados entre diferentes arquiteturas do mesmo sistema operacional.
/usr/local/src
Código-fonte para software instalado localmente.
/usr/man
Substituído por /usr/share/man.
/usr/sbin
Estes diretórios contêm binários de programas para administração de sistema, que não são essenciais para o processo de boot, para a montagem de /usr, ou para a reparação do sistema.
/usr/share
Este diretório contém subdiretórios com dados específicos de aplicações, que podem ser compartilhados entre diferentes arquiteturas do mesmo sistema operacional. Frequentemente alguém achará material que deveria estar em /usr/doc ou /usr/lib ou /usr/man.
/usr/share/color
Contém informações de gerenciamento de cores, como perfis de cores do International Color Consortium (ICC) (opcional).
/usr/share/dict
Contém as listas de palavras usadas pelos corretores ortográficos (opcional).
/usr/share/dict/words
Lista de palavras em inglês (opcional).
/usr/share/doc
Documentação sobre programas instalados (opcional).
/usr/share/games
Arquivos de dados estáticos para jogos em /usr/games (opcional).
/usr/share/info
Páginas info vão aqui (opcional).
/usr/share/locale
Informações de localidade vão aqui (opcional).
/usr/share/man
As páginas man vão aqui em subdiretórios de acordo com as seções da página de manual.
/usr/share/man/<locale>/man[1-9]
Esses diretórios contêm páginas man que estão na forma de código-fonte. Sistemas que usam um único idioma e conjunto de códigos para todas as páginas man podem omitir a substring <locale>.
/usr/share/misc
Dados diversos que podem ser compartilhados entre diferentes arquiteturas do mesmo sistema operacional.
/usr/share/nls
Os catálogos de mensagens para suporte ao idioma nativo vão aqui (opcional).
/usr/share/ppd
Arquivos de definição de impressora PostScript (PPD) (opcional).
/usr/share/sgml
Arquivos para SGML (opcional).
/usr/share/sgml/docbook
DocBook DTD (opcional).
/usr/share/sgml/tei
TEI DTD (opcional).
/usr/share/sgml/html
HTML DTD (opcional).
/usr/share/sgml/mathtml
MathML DTD (opcional).
/usr/share/terminfo
O banco de dados para terminfo (opcional).
/usr/share/tmac
Macros troff que não são distribuídas com groff (opcional).
/usr/share/xml
Arquivos para XML (opcional).
/usr/share/xml/docbook
DocBook DTD (opcional).
/usr/share/xml/xhtml
XHTML DTD (opcional).
/usr/share/xml/mathml
MathML DTD (opcional).
/usr/share/zoneinfo
Arquivos para informação de fusos horários (opcional).
/usr/src
Arquivos fonte para diferentes partes do sistema, incluídos com alguns pacotes para propósitos de referência. Não funciona aqui com seus próprios projetos, pois os arquivos abaixo de /usr devem ser somente leitura, exceto durante a instalação de software (opcional).
/usr/src/linux
Este tem sido o lugar tradicional para os fontes do kernel. Algumas distribuições colocam aqui o código-fonte para o kernel padrão que elas distribuem. Você provavelmente deveria usar outro diretório ao compilar seu próprio kernel.
/usr/tmp
Descontinuado. Este deve ser um link para /var/tmp. Este link está presente somente por razões de compatibilidade e não deve ser usado.
/var
Este diretório contém arquivos que podem mudar de tamanho, tais como arquivos de spool e log.
/var/account
Processa logs de contas (opcional).
/var/adm
Este diretório é sobreposto por /var/log e deve ser um link simbólico para /var/log.
/var/backups
Reservado por motivos históricos.
/var/cache
Dados armazenados em cache para programas.
/var/cache/fonts
Fontes geradas localmente (opcional).
/var/cache/man
Páginas man formatadas localmente (opcional).
/var/cache/www
Proxy WWW ou dados de cache (opcional).
/var/cache/<pacote>
Dados de cache específicos do pacote (opcional).
/var/catman/cat[1-9] ou /var/cache/man/cat[1-9]
Estes diretórios contêm páginas de manual pré-formatadas, de acordo com suas seções de página man. (O uso de páginas de manual pré-formatadas foi descontinuado.)
/var/crash
Despejos de travamento do sistema (opcional).
/var/cron
Reservado por motivos históricos.
/var/games
Dados variáveis de jogos (opcional).
/var/lib
Informações de estado variável para programas.
/var/lib/color
Arquivos variáveis contendo informações de gerenciamento de cores (opcional).
/var/lib/hwclock
Diretório de estado para o hwclock (opcional).
/var/lib/misc
Dados diversos de estado.
/var/lib/xdm
Dados variáveis do gerenciador de exibição X (opcional).
/var/lib/<editor>
Arquivos de backup e estado do editor (opcional).
/var/lib/<nome>
Estes diretórios devem ser usados para todo suporte a pacotes de distribuição.
/var/lib/<pacote>
Dados de estado para pacotes e subsistemas (opcional).
/var/lib/<ferramenta-empacotamento>
Arquivos de suporte de empacotamento (opcional).
/var/local
Dados variáveis para /usr/local.
/var/lock
Arquivos de trava são colocados neste diretório. A convenção de nomenclatura para arquivos de trava de dispositivos é LCK..<dispositivo> onde <dispositivo> é o nome do dispositivo no sistema de arquivos. O formato usado é o dos arquivos de trava HDU UUCP, isto é, arquivos de trava contêm um PID como um número decimal ASCII de 10 bytes, seguido de um caractere de nova linha.
/var/log
Arquivos de log variados.
/var/opt
Dados variáveis para /opt.
/var/mail
Caixas de correio dos usuários. Substitui /var/spool/mail.
/var/msgs
Reservado por motivos históricos.
/var/preserve
Reservado por motivos históricos.
/var/run
Arquivos variáveis de tempo de execução, como arquivos mantendo identificadores de processos (PIDs) e informações do usuário em forma de log (utmp). Os arquivos neste diretório geralmente são apagados na inicialização do sistema.
/var/spool
Arquivos de spool (ou enfileirados) para vários programas.
/var/spool/at
Serviços no spool para at(1).
/var/spool/cron
Serviços no spool para cron(8).
/var/spool/lpd
Arquivos no spool de impressão.(opcional).
/var/spool/lpd/printer
Spools para uma impressora específica (opcional).
/var/spool/mail
Substituído por /var/mail.
/var/spool/mqueue
Correio de saída na fila (opcional).
/var/spool/news
Diretório de spool para notícias (opcional).
/var/spool/rwho
Arquivos de spool para rwhod(8) (opcional).
/var/spool/smail
Arquivos de spool para o programa de entrega de correio smail(1).
/var/spool/uucp
Arquivos de spool para uucp(1) (opcional).
/var/tmp
Como /tmp, este diretório mantém arquivos temporários armazenados por uma duração não especificada.
/var/yp
Arquivos de banco de dados para NIS, anteriormente conhecidos como Sun Yellow Pages (YP).

O Filesystem Hierarchy Standard (FHS), versão 3.0, publicado em 19 de março de 2015 https://refspecs.linuxfoundation.org/fhs.shtml.

Esta lista não é exaustiva; distribuições e sistemas diferentes podem ser configurados de formas diferentes.

find(1), ln(1), proc(5), file-hierarchy(7), mount(8)

O Filesystem Hierarchy Standard

Esta página faz parte da versão 5.11 do projeto Linux man-pages. Uma descrição do projeto, informações sobre relatórios de bugs e a versão mais recente desta página podem ser encontradas em https://www.kernel.org/doc/man-pages/.

A tradução para português brasileiro desta página man foi criada por Rubens de Jesus Nogueira <darkseid99@usa.net>, André Luiz Fassone <lonely_wolf@ig.com.br> e Rafael Fontenelle <rafaelff@gnome.org>.

Esta tradução é uma documentação livre; leia a Licença Pública Geral GNU Versão 3 ou posterior para as condições de direitos autorais. Nenhuma responsabilidade é aceita.

Se você encontrar algum erro na tradução desta página de manual, envie um e-mail para a lista de discussão de tradutores.

22 março 2021 Linux