PO4A-UPDATEPO.1P(1) User Contributed Perl Documentation PO4A-UPDATEPO.1P(1)

po4a-updatepo - atualizar a tradução de documentação (em formato PO)

po4a-updatepo -f fmt (-m master.doc)+ (-p XX.po)+

(XX.po são as saídas, todos os outros são entradas)

O objetivo do projeto po4a (PO for anything: PO para qualquer coisa) é facilitar traduções (e o mais interessante, a manutenção das traduções) a usar as ferramentas do gettext em áreas em que não se esperava, como na documentação.

O script po4a-updatepo é encarregado de atualizar ficheiros PO para faze-los refletir as alterações feitas no ficheiro de documentação original. Para isso, converte o ficheiro de documentação num ficheiro POT e invoca msgmerge(1) neste novo POT e nos ficheiros PO fornecidos.

É possível dar mais do que um ficheiro PO (se quiser atualizar vários idiomas de uma só vez) e alguns ficheiros de documentação (se deseja armazenar as traduções de diversos documentos no mesmo ficheiro PO).

Se a documentação mestre possui caracteres não-ASCII, este script vai converter os ficheiros PO para UTF-8 (se eles não já estão), para uma manipulação transparente de caracteres fora do padrão.

O formato da documentação que pretende processar. Use a opção --help-format para ver a lista de formatos disponíveis.
Ficheiro(s) a conter o documento principal para traduzir.
Conjunto de carateres dos ficheiros a conter o documento a traduzir. Note que todos os ficheiros devem ter o mesmo conjunto de carateres.
Ficheiro(s) PO para atualizar. Se esses ficheiros não existirem, são criados por po4a-updatepo.
Opção/ções adicional/ais para passar ao plugin de formato. Veja a documentação de cada plugin para mais informações sobre as opções válidas e os significados deles. Por exemplo, poderia passar '-o tablecells' para o analisador AsciiDoc, enquanto o analisador de texto aceitaria '-o tabs=split'.
This option removes --previous from the options passed to msgmerge. This helps supporting old versions of gettext (before v0.16).
Esta opção acrescenta --previous ás opções passadas para msgmerge. Isso requer gettext 0.16 ou posterior e é ativado por predefinição.
Opções extra para msgmerge(1).
Mostrar uma pequena mensagem de ajuda.
Lista os formatos de documentação compreendidos por po4a.
Mostrar a versão do script e sair.
Aumentar o detalhe do programa.
Saída de alguma informação de depuração.
Especifica o formato de referência. O argumento tipo pode ser um de: never para não produzir qualquer referência, file para especificar o ficheiro sem o número da linha, counter para substituir os números de linha a aumentar o contador e full para incluir referências completas. (predefinição: full).

O argumento pode ser seguido por uma vírgula ou pela palavra-chave wrap ou nowrap. Referências são escritas por predefinição numa única linha. A opção wrap envolve referências sobre várias linhas, para imitar as ferramentas gettext (xgettext e msgmerge). Esta opção irá tornar-se a predefinição num lançamento futuro, porque é mais sensível. A opção nowrap é acessível aos utilizadores que querem manter o comportamento antigo.

Especifica como o ficheiro po deve ter a quebra de linha. Isso permite escolher entre ficheiros que tem boa quebra de linha, mas que podem levar a conflitos de git ou ficheiros que são mais fáceis de manipular automaticamente, mas mais difíceis de ler para humanos.

Historicamente, o pacote gettext reformatou os ficheiros po na 77ª coluna para questões cosméticas. Esta opção especifica o comportamento de po4a. Se definido como um valor numérico, o po4a quebrará linha do ficheiro po após esta coluna e após novas linhas no conteúdo. Se definido como newlines, o po4a dividirá apenas o msgid e o msgstr após as novas linhas no conteúdo. Se definido como no, o po4a não quebrará linhas no ficheiro po. A quebra de linha dos comentários de referência é controlado pela opção --porefs.

Observe que esta opção não afeta a maneira como o msgid e o msgstr sofrem quebra de linhas ou seja, como os caracteres de nova linha são adicionados ao conteúdo dessas cadeias.

Definir o endereço do relatório para msgid bugs. Por predefinição, os ficheiros POT criados não têm campos Report-Msgid-bugs-To.
Definir o titular dos direitos de autor no cabeçalho POT. O valor predefinido é " Free Software Foundation, Inc."
Definir o nome do pacote para o cabeçalho POT. A predefinição é "PACKAGE".
Definir o nome do pacote para o cabeçalho POT. A predefinição é "VERSION".

po4a-gettextize(1), po4a-normalize(1), po4a-translate(1), po4a(7)

Denis Barbier <barbier@linuxfr.org>
Nicolas François <nicolas.francois@centraliens.net>
Martin Quinson (mquinson#debian.org)

Copyright 2002-2023 by SPI, inc.

This program is free software; you may redistribute it and/or modify it under the terms of GPL v2.0 or later (see the COPYING file).

2024-06-08 perl v5.38.2