PACMAN-KEY(8) Manual do pacman PACMAN-KEY(8)

pacman-key - gerencia a lista de chaves confiáveis do pacman

pacman-key [opções] operação [alvos]

pacman-key é um script wrapper para o GnuPG usado para gerenciar o chaveiro do pacman, que é a coleção de chaves PGP usadas para verificar pacotes e base de dados assinados. Ele fornece a capacidade de importar e exportar chaves, buscar chaves dos servidores de chaves e atualizar a base de dados de confiança de chaves.

Um gerenciamento de chaveiro mais complexo pode ser obtido usando o GnuPG, combinado diretamente com a opção --homedir, apontando para o chaveiro do pacman (localizado em /etc/pacman.d/gnupg por padrão).

A chamada do pacman-key consiste em fornecer uma operação com todas as opções e alvos possíveis para operar. Dependendo da operação, um alvo pode ser um identificador de chave, nome de arquivo ou diretório válido.

-a, --add
Adiciona uma ou mais chaves contidas no arquivo ou arquivos especificados no chaveiro do pacman. Se uma chave já existir, atualiza-a.

-d, --delete

Remove uma ou mais chaves identificadas por keyid(s) especificados do chaveiro do pacman.

-e, --export

Exporta as chaves identificadas pelos keyids especificados para stdout. Se nenhum keyid for especificado, todas as chaves serão exportadas.

--edit-key

Apresenta um menu para a tarefa de gerenciamento de chaves nos keyids especificados. Útil para ajustar um nível de confiança de chaves.

-f, --finger

Lista uma impressão digital para cada keyid especificado ou para todas as chaves conhecidas se nenhum keyid for especificado.

-h, --help

Emite sintaxe e opções de linha de comando.

--import

Importa chaves de pubring.gpg para o chaveiro público dos diretórios especificados.

--import-trustdb

Importa valores de confiança do proprietário de trustdb.gpg na base de dados de confiança compartilhada dos diretórios especificados.

--init

Verifica se o chaveiro foi inicializado corretamente e tem as permissões de acesso necessárias.

-l, --list-keys

Lista todas ou chaves especificadas do chaveiro público.

--list-sigs

O mesmo que --list-keys, mas as assinaturas também estão listadas.

--lsign-key

Assina localmente a chave fornecida. Isso é usado principalmente para enraizar a rede de confiança na chave privada local gerada por --init.

--nocolor

Desabilita a saída colorida de pacman-key.

-r, --recv-keys

Equivalente a --recv-keys no GnuPG.

--refresh-keys

Equivalente a --refresh-keys no GnuPG.

--populate

Recarrega as chaves padrão dos chaveiros (opcionalmente fornecidos) em /usr/share/pacman/keyrings. Para obter mais informações, consulte Fornecendo um Chaveiro para Importação abaixo de.

-u, --updatedb

Equivalente a --check-trustdb em GnuPG. Esta operação pode ser especificada com outras operações.

-V, --version

Exibe a versão do programa.

-v, --verify

Supõe que o primeiro argumento seja uma assinatura e verifica-o. Se um segundo argumento for fornecido, é o arquivo a ser verificado.

Com apenas um argumento, supõe que a assinatura seja uma assinatura desanexada e procure um arquivo de dados correspondente a ser verificado removendo a extensão do arquivo. Se nenhum arquivo de dados correspondente for encontrado, volta para a semântica do GnuPG e tenta verificar um arquivo com uma assinatura incorporada.

--config <arquivo>
Usa um arquivo de configuração alternativo em vez do /etc/pacman.conf padrão.

--gpgdir <diretório>

Define um diretório inicial alternativo para o GnuPG. Se não especificado, o valor será lido em /etc/pacman.conf.

--keyserver <servidor de chaves>

Use o servidor de chaves especificado se a operação exigir um. Isso terá precedência sobre qualquer opção de servidor de chaves especificada em um arquivo de configuração gpg.conf. Executar --init com esta opção definirá o servidor de chaves padrão se um ainda não estiver configurado.

Uma distribuição ou outro repositório fornecido pode querer fornecer um conjunto de chaves PGP usadas na assinatura de seus pacotes e suas bases de dados de repositórios que podem ser prontamente importados para o chaveiro pacman. Isso é obtido fornecendo um arquivo de chaveiro PGP foo.gpg que contém as chaves para o chaveiro foo no diretório /usr/share/pacman/keyrings.

Opcionalmente, o arquivo foo-trusted pode ser fornecido contendo uma lista de IDs de chave confiáveis para esse chaveiro. Este é um arquivo em um formato compatível com a saída gpg --export-ownertrust. Este arquivo informará ao usuário quais chaves um usuário precisa verificar e assinar para criar uma rede local de confiança, além de atribuir valores de confiança do proprietário fornecidos.

Também opcionalmente, o arquivo foo-revoked pode ser fornecido contendo uma lista de IDs de chave revogados para esse chaveiro. Revogado é definido como "não é mais válido para qualquer assinatura", portanto deve ser usado com prudência. Uma chave que está sendo marcada como revogada será desabilitada no chaveiro e não será mais tratada como válida; portanto, isso sempre terá prioridade sobre seu estado confiável em qualquer outro chaveiro.

pacman(8), pacman.conf(5)

Consulte o site do pacman em https://archlinux.org/pacman/ para obter informações atuais sobre o pacman e suas ferramentas relacionadas.

Bugs? Você deve estar brincando; não há erros neste software. Mas se por acaso estivermos errados, envie um relatório de erro com o máximo de detalhes possível no rastreador de erros do Arch Linux na seção Pacman.

Atuais mantenedores:
•Allan McRae <allan@archlinux.org>
•Andrew Gregory <andrew.gregory.8@gmail.com>
•Eli Schwartz <eschwartz@archlinux.org>
•Morgan Adamiec <morganamilo@archlinux.org>

Principais colaboradores anteriores:

•Judd Vinet <jvinet@zeroflux.org>
•Aurelien Foret <aurelien@archlinux.org>
•Aaron Griffin <aaron@archlinux.org>
•Dan McGee <dan@archlinux.org>
•Xavier Chantry <shiningxc@gmail.com>
•Nagy Gabor <ngaba@bibl.u-szeged.hu>
•Dave Reisner <dreisner@archlinux.org>

Para outros contribuidores, use git shortlog -s no repositório pacman.git.

A tradução para português brasileiro desta página man foi criada por Rafael Fontenelle <rafaelff@gnome.org>

Esta tradução é uma documentação livre; leia a Licença Pública Geral GNU Versão 3 ou posterior para as condições de direitos autorais. Nenhuma responsabilidade é aceita.

Se você encontrar algum erro na tradução desta página de manual, envie um e-mail para a lista de discussão de tradutores.

10 junho 2021 Pacman 6.0.0