NULL(4) Manual do Programador do Linux NULL(4)

null, zero - matador de dados

Dados escritos nos arquivos especials /dev/null ou /dev/zero serão descartados.

Leituras a partir de /dev/null sempre retornam fim de arquivo (isto é, read(2) retorna 0), enquanto leituras a partir de /dev/zero sempre retornam o bytes contendo 0 (caracteres '\0').

Estes dispositivos são tipicamente criados por:


mknod -m 666 /dev/null c 1 3
mknod -m 666 /dev/zero c 1 5
chown root:root /dev/null /dev/zero

/dev/null
/dev/zero

Se estes dispositivos não podem ser escritos ou lidos por todos os usuários, muitos programas podem agir estranhamente.

Desde o Linux 2.6.31, as leituras de /dev/zero podem ser interrompidas por sinais. (Esta alteração foi feita para ajudar com latências ruins para leituras grandes de /dev/zero.)

chown(1), mknod(1), full(4)

Esta página faz parte da versão 5.11 do projeto Linux man-pages. Uma descrição do projeto, informações sobre relatórios de bugs e a versão mais recente desta página podem ser encontradas em https://www.kernel.org/doc/man-pages/.

A tradução para português brasileiro desta página man foi criada por André Luiz Fassone <lonely_wolf@ig.com.br>, Carlos Augusto Horylka <horylka@conectiva.com.br> e Rafael Fontenelle <rafaelff@gnome.org>.

Esta tradução é uma documentação livre; leia a Licença Pública Geral GNU Versão 3 ou posterior para as condições de direitos autorais. Nenhuma responsabilidade é aceita.

Se você encontrar algum erro na tradução desta página de manual, envie um e-mail para a lista de discussão de tradutores.

23 julho 2015 Linux