WESNOTH(6) Battle for Wesnoth WESNOTH(6)

wesnoth - Battle for Wesnoth, um jogo de fantasia e estratégia em turnos

wesnoth [OPÇÕES] [CAMINHO_PARA_DATA]

Battle for Wesnoth é um jogo de fantasia e estratégia em turnos.

Derrote todos os líderes inimigos fazendo uso de tropas variadas escolhidas a dedo e faça bom uso de seu ouro e suas aldeias. Todas as unidades possuem seus pontos fortes e fracos. Para obter a vitória, posicione suas tropas em posições vantajosas e evite que seus oponentes façam o mesmo. Conforme unidades adquirem experiência, elas adquirem novas habilidades e se tornam mais fortes. Jogue na sua língua e teste suas habilidades contra o computador ou se junte a comunidade de jogadores online. Crie suas próprias unidades, cenários e campanhas e compartilhe-os com os outros.

--all-translations
Mostra todas as traduções na lista de seleção de línguas do jogo, mesmo que elas não sejam consideradas como suficientemente completas.
--bunzip2 infile.bz2
descomprime um arquivo que deve estar no formato bzip2 e guarda-o sem o sufixo .bz2. O infile.bz2 será removido.
--bzip2 infile
comprime um arquivo em formato bzip2 , guarda-o como infile.bz2 e remove o infile.
-c[id_campaign], --campaign[=id_campaign]
vai diretamente para a campanha com o id id_campaign. Um menu de seleção aparecerá se nenhum id for especificado.
--campaign-difficulty[=difficulty]
A dificuldade da campanha especificada (1 é a maior). Se nada for especificado, uma tela aparecerá para que a dificuldade seja selecionada.
--campaign-scenario id_scenario
O id do cenário da campanha especificada. O padrão é o primeiro cena´rio.
--campaign-skip-story
Pula as [história] janelas e diálogos ate o fim pelo start evento.
--clock
Adiciona a opção para mostrar um relógio para testar o cronômetro.
--config-dir name
Deprecated, usa --userdata-dir.
--config-path
Deprecated, usa --userdata-path.
--core id_core
sobrescreve o core carregado com o id do core especificado.
--data-dir directory
sobrescreve o diretório de data com o que foi especificado
--data-path
imprime o caminho do diretória de data e sai.
-d, --debug
habilita opções adicionais para o modo de comando dentro do jogo (veja a wiki em http://www.wesnoth.org/wiki/CommandMode para mais informações sobre o modo de comando).
--debug-lua
habilita alguns mecanismos de deb da Lua
-e[file], --editor[=file]
abre diretamente o editor de mapas do jogo. Se file é especificado, fica equivalente a -l --load.
--fps
exibe o número de frames por segundo do jogo num canto da tela.
-f, --fullscreen
executa o jogo em modo tela cheia.
--gunzip infile.gz
descomprime um arquivo que está em formato gzip e armazena-o sem o sufixo .gz. O arquivo infile.gz é então removido.
--gzip infile
comprime um arquivo em formato gzip, guarda-o como infile.gz e remove infile.
-h, --help
exibe um resumo das opções de linha de comando para saída padrão, e sai.
-l, --load file
carreja o savegame file da pasta padrão do diretório do jogo. se a opção -e ou --editor também foi usada, inicia o editor com o mapa do file aberto. se for um diretório, o editor iniciará com uma janela para escolher qual mapa carregar.
-L, --language lang
usa língua lang (símbolo) essa sessão. Exemplo: --language ang_GB@latin
--log-level=domain1,domain2,...
ajusta o nível de gravidade dos log domains. all pode ser usado para combinar com qualquer domínio de log. Níveis disponíveis: errorwarninginfodebug. Por padrão o nível warning é usado para a maioria dos domains, mas deprecation vai para por padrão none a não ser que seja combinado com a opção -d.
--log-precise
mostra as timestamps no log de saída com mais precisão.
--log-strict
define o nível strict para o logger. Qualquer mensagem enviada para os log domains deste nível, ou de níveis mais severos, fará com que o teste de unidade falhe independentemente do resultado da vitória. Apenas relevante quando usado juto de -u.
--logdomains[=filter]
lista dos log domains definidos (apenas os que contêm filter se usad0) e sai
--max-fps fps
o número de frames por segundo que o jogo pode mostrr, o valor deve estar entre 1 e 1000, o valor padrão é igual a taxa de atualização do monitor.
-m, --multiplayer
executa um jogo multiplayer . Há opções adicionais que podem ser usadas juntamente com --multiplayer conforme explicado abaixo.
--mp-test
carrega os cenários mp de teste.
--new-widgets
há um novo kit de ferramentas widget experimental, esta opção habilita-o. Isto é muito experimental, portanto não relate bugs pois a maioria deles já são conhecidos. Partes da biblioteca são consideradas estáveis e funcionarão sem esta troca.
--nodelay
executa o jogo sem atrasos para benchmark de gráficos. Isto é ativado automaticamente pela opção --nogui.
--noaddons
desabilida o carregamento de addons de usuários.
--nocache
desabilida o cache de dados do jogo.
--nogui
roda o jogo sem a GUI. Só está disponível em combinação com --multiplayer ou --screenshot ou --plugin.
--nomusic
roda o jogo sem música.
--noreplaycheck
não tente validar os replays de teste de unidade. Apenas relevante quando usado com -u.
--nosound
roda o jogo sem sons e música.
--password password
usa password quando conectar a um servidor, ignorando as outras preferências. Perigoso.
--plugin script
(experimental)carrega um script que define um plugin para o wesnoth. Identico ao --script, mas arquivos Lua devem retornar uma função que irá agir como uma co-rotina e periodicamente despertar com atualizações.
-p, --preprocess source-file/folder target-directory
pré-processa um arquivo/pasta específico. Cada cada arquivo(s) um arquivo de texto simples .cfg e um arquivo processado .cfg serão escritos no diretório alvo especificado. Se uma pasta for especificada, ele será pré-processado recursivmente com base nas regras conhecidas d pré-processador. Os macros comuns do diretório "data/core/macros" serão pré-processados antes dos recursos especificados. Exemplo: -p ~/wesnoth/data/campaigns/tutorial ~/result. Para mais detalhes sobre o Pré-processador, visite: https://wiki.wesnoth.org/PreprocessorRef#Command-line_preprocessor.
--preprocess-defines=DEFINE1,DEFINE2,...
vírgula separada lista as definições para serem usadas pelo --preprocess comando. Se SKIP_CORE estiver na lista de definição, o diretório "data/core" não será pré-processado.
--preprocess-input-macros source-file
usado apenas pelo comando --preprocess. Específica um arquivo que contenha [preproc_define] para ser incluido antes do processamento.
--preprocess-output-macros[=target-file]
usado apenas pelo comando --preprocess. Will output all preprocessed macros no arquivo alvo. Se o arquivo não for especificado, o resultado será arquvio '_MACROS_.cfg' no diretório alvo do comando do pré-processador. O arquivo resultante pode ser passado para --preprocess-input-macros. Esta opção deve ser digitada antes do comando --preprocess.
-r XxY, --resolution XxY
define a resolução da tela. Exemplo: -r 800x600.
--render-image image output
pega um 'caminho de string de imagem' válido de wesnoth com função de caminho de imagem, e produz um arquivo .png. As funções do caminho de imagem são documentados na página https://wiki.wesnoth.org/ImagePathFunctionWML.
-R, --report
inicia os diretórios do jogo, imprime informações da build para bug reports e depois sai.
--rng-seed number
preenche o gerador de números aleatórios com number. Exemplo: --rng-seed 0.
--screenshot map output
salva uma screenshot de map para output sem iniciar a tela.
--script file
(experimental) file contem um script Lua para controlar o cliente.
-s[host], --server[=host]
conecta com o host especificado, caso um tenha sido especificado. Caso contrário, conecta ao primeiro servidor nas preferências. Exemplo: --server server.wesnoth.org.
--showgui
roda o jogo sem GUI, substituindo qualquer --nogui implícito.
--strict-validation
erros de validação são tratados como erros fatais.
-t[scenario_id], --test[=scenario_id]
roda o jogo num pequeno cenário de teste. Este cenário deve ser definido com uma [test] WML tag. O padrão é test. Uma demonstração da [micro_ai] pode ser iniciada por micro_ai_test. Implica --nogui.
--translations-over percent
Define o padrão para considerar uma tradução como completa o suficiente para aparecer na lista de línguas dentro do jogo para percent. Valores entre 0 e 100.
-u, --unit scenario-id
roda o cenário teste especificado como um teste de unidade. Implica --nogui.
--unsafe-scripts
torna o pacote package disponível para scripts lua, permitindo que eles possam carregar pacotes arbitrários. Não use isso com scripts não confiáveis! Esta ação faz dá ao lua o mesmo nível de permissão que o executável do wesnoth.
--userconfig-dir name
define o diretório das configurações do usuário para name em $HOME ou "My Documents\My Games" para windows. Você também pode especificar um caminho absoluto para este diretório fora da $HOME ou "My Documents\My Games". No Windows também é possível especificar um diretório relativo ao processode trabalho ao usar um caminho que comece com ".\" ou "..\". Sob X11 o padrão é $XDG_CONFIG_HOME ou $HOME/.config/wesnoth, em outros sistemas para o caminho dos dados do usuário.
--userconfig-path
imprime o caminho da pasta de configurações de usuário e sai.
--userdata-dir name
define o diretório dos dados do usuário para name em $HOME ou "My Documents\My Games" para windows. Você também pode especificar um caminho absoluto para este diretório fora da $HOME ou "My Documents\My Games". No Windows também é possível especificar um diretório relativo ao processode trabalho ao usar um caminho que comece com ".\" ou "..\".
--userdata-path
imprime o caminho da data do usuário e sai.
--username username
usa username ao conectar num servidor, ignorando outras preferências.
--validcache
assume que o cache é válido. (perigoso)
-v, --version
mostra o número da versão e sai.
-w, --windowed
roda o jogo no modo de janela.
--with-replay
recomeça o jogo carregado com a opção --load.

As opções específicas para times em modo multijogador estão marcadas com <número>. <número> deve ser substituido pelo número de um time. Normalmente esse número é 1 ou 2, mas isso depende do número de jogadores permitidos no cenário escolhido.
--ai-config number:value
seleciona um arquivo de configuração para carregar para a AI que controla esse lado.
--algorithm number:value
seleciona um algorismo não padrão para ser usado para o controlador da AI deste lado. O algorismo é definido por uma [ai] tag, que pode ser uma core ou na "data/ai/ais" ou "data/ai/dev" ou um algorismo definido por um addon. Valores disponíveis incluem: idle_ai e experimental_ai.
--controller number:value
escolhe o controlador para este lado. Valores disponíveis: human, ai e null.
--era value
use esta opção para jogar na era selecionada, ao invés da era Padrão. Você escolhe a era pelo identificador (id). As eras disponíveis estão descritas no arquivo data/multiplayer/era.cfg.
--exit-at-end
sai quando o cenário terminar, sem mostrar a tela de de vitória/derrota que normalmente requer que o usuário aperte o botão de Terminar Cenário. Isto também é usado para scripts de benchmark.
--ignore-map-settings
não usa as configurações do mapa, mas sim os valores padrões.
--label label
define o label para AIs.
--multiplayer-repeat value
repete um jogo multiplayer value vezes. Melhor usado com o comando --nogui para montar benchmarks.
--parm number:name:value
configura parâmetros adicionais para este lado. Este parâmetro depende das opções usadas com --controller e --algorithm. Só é de utilidade para quem quer criar sua própria AI. (ainda não está documentado por completo)
--scenario value
seleciona um cenário multiplayer pelo seu id. O id padrão de cenário é multiplayer_The_Freelands.
--side number:value
seleciona uma facção da era atual para este lado. A facção é escolhida pelo seu id. As facções estão descritas no arquivo data/multiplayer.cfg.
--turns value
define o número de turnos para o cenário escolhido. Por padrão não há turno limite.

O status de saída normal é 0. Um status de saída 1 indica que um (SDL, vídeo, fontes, etc) erro de inicialização. Um status de saída 2 indica um erro com as opções de linha de comando.
Quando rodando testes de unidades (with -u), o status da saída é diferente. Um status de saída de 0 indica que o teste passou, e 1 que o teste falhou. Um status de saída de 3 indica que o teste passou, mas produziu um arquivo de replay inválido. Um status de saída de 4 indica que o teste passou, mas o replay produziu erros. Estes dois últimos só voltam se --noreplaycheck não passar.

Escrito por David White <davidnwhite@verizon.net>.
Editado por Nils Kneuper <crazy-ivanovic@gmx.net>, ott <ott@gaon.net> e Soliton <soliton@sonnenkinder.org>.
Esta página do manual foi escrita originalmente por Cyril bouthors <cyril@bouthors.org>.
Visite a página oficial: http://www.wesnoth.org/

Copyright © 2003-2021 David White <davidnwhite@verizon.net>
Este Software é Gratuito; este software é licenciado sob a versão GPL 2, conforme publicada pela Free Software Foundation. Não há NENHUMA garantia; nem mesmo para COMERCIALIZAÇÃO ou ADEQUAÇÃO PARA UM PROPÓSITO EM PARTICULAR.

wesnothd(6)
2021 wesnoth